Trump anuncia novas tarifas para China e derruba petróleo

  • Por Jovem Pan
  • 02/08/2019 10h05 - Atualizado em 02/08/2019 10h21
EFEPresidente dos EUA disse que nova tarifa será de 10%

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, prometeu, nesta quinta-feira (1), impor tarifas adicionais sobre US$ 300 bilhões em importações chinesas. A medida entrará em vigor a partir do dia 1º de setembro e vai atingir bens de consumo populares como celulares, brinquedos e calçados. Por serem tipicamente importados da China, a taxação dificulta a redução de custos ou a transferência da produção para outro país.

No Twitter, o presidente afirmou que a tarifa será inicialmente fixada em 10% e culpou a China por não seguir com o acordo estabelecido para compra de produtos agrícolas norte-americanos. Ele também criticou o presidente Chinês, Xi Jinping, por não interromper a venda do medicamento Fentanyl aos Estados Unidos.

O anúncio da taxação atingiu duramente os mercados financeiros. Os preços do petróleo caíram mais de 7%, a maior queda diária desde fevereiro de 2016. Além disso, os índices acionários do país reduziram ganhos e o Dow Jones passou a operar em território negativo.

Estados Unidos e China vivem, desde o ano passado, uma guerra comercial marcada por tarifas nas importações.  Negociações para tentar amenizar a tensão entre os países prosseguem com poucos sinais de progresso.

*Com informações da repórter Larissa Coelho