Trump chama de ‘nojenta’ resposta da Dinamarca sobre compra da Groenlândia

  • Por Jovem Pan
  • 22/08/2019 07h34
EFEPresidente norte-americano cancelou viagem ao país, programada para acontecer em setembro

Após cancelar o encontro com a primeira-ministra dinamarquesa, Mette Frederiksen, Donald Trump chamou de “nojenta” a declaração da premiê. O norte-americano se manifestou nesta quarta-feira (21), após Frederiksen ter considerado “absurda” a ideia de Trump comprar a Groenlândia.

Ele ainda reiterou que a primeira-ministra deveria ter dito que o país não tinha interesse em negociar e ressaltou que ela não estaria falando com o próprio presidente, mas sim com os Estados Unidos da América. Outros ministros dinamarqueses também se posicionaram contra a intenção de Trump.

Pelo Twitter, o presidente norte-americano já havia anunciado que adiaria a viagem à Dinamarca, prevista para o próximo mês, porque a primeira-ministra tinha se recusado a vender a ilha.

Em uma entrevista coletiva, Frederiksen disse estar surpresa com o cancelamento da viagem. A premiê dinamarquesa negou qualquer crise diplomática e manteve o convite a Trump. Ela ressaltou, ainda, a importância de intensificar a cooperação entre os países, principalmente no Ártico.

Na semana passada, o The Wall Streat Journal divulgou o interesse de Trump em comprar a Groenlândia após ouvir que a Dinamarca estava com dificuldades financeiras para manter a ilha. No último domingo (18), o republicano confirmou a notícia e disse que a compra não é uma prioridade, mas que seria uma iniciativa estratégica e uma “grande operação imobiliária”.

*Com informações do repórter Camila Yunes