Trump promete anunciar tarifas de até US$ 60 bi sobre produtos chineses

  • Por Jovem Pan
  • 03/04/2018 06h45
EFENo dia 22 de março, Trump assinou um memorando que pode impor tarifas sobre 60 bilhões de dólares em produtos de tecnologia importados da China

O governo norte-americano deve divulgar até o final desta semana uma lista de importações chinesas que receberão novas tarifas. Isso porque a China anunciou nesta segunda-feira (02) taxas que vão até 3 bilhões de dólares sobre 128 produtos dos EUA.

A decisão chinesa afeta o mercado de frutas, carne de porco e resíduos de alumínio. Isso ocorreu depois que os EUA impuseram taxas sobre o aço e alumínio ao país asiático.

No dia 22 de março, Trump assinou um memorando que pode impor tarifas sobre 60 bilhões de dólares em produtos de tecnologia importados da China, por suposto roubo de propriedade intelectual.

O déficit comercial fora de controle com a China, hoje na casa dos 500 bilhões de dólares por ano e o crescimento do país asiático incomodam os EUA, é o que garante o professor de relações internacionais da FAAP, Carlos Gustavo Poggio: “esse crescimento chinês trouxe consigo outros países, como Brasil e outros países exportadores de commodities. O que a gente pode estar testemunhando é o início do fim desse processo”.

A China afirma que os Estados Unidos precisam acabar com a intimidação econômica e que até agora tinha evitado atacar produtos agrícolas como a soja, ou empresas industriais de grande peso, como a Boeing, mas esses setores podem ser afetados pelas novas tarifas.

*Informações do repórter Victor Moraes