TSE arquiva investigação sobre caixa dois contra Haddad

O tribunal entendeu que não houve caixa 2 na campanha do petista à Presidência

  • Por Jovem Pan
  • 10/05/2019 07h19
EFEA ação havia sido encaminhada pelo deputado Kim Kataguiri (DEM)

O Tribunal Superior Eleitoral arquivou uma investigação sobre o ex-prefeito da capital paulista e ex-candidato à Presidência em 2018, Fernando Haddad (PT).

O tribunal entendeu que não houve caixa 2 na campanha do petista à Presidência no ano passado. A ação havia sido encaminhada pelo deputado Kim Kataguiri (DEM).

O parlamentar alegou que Haddad cometeu abuso de poder econômico ao contratar uma pesquisa no valor de R$ 1,2 milhão sem declarar os gastos. Porém, o relator do caso, o ministro Jorge Mussi, atestou a regularidade das contas ao constatar o registro de duas despesas que comprovam esse valor.

Todos os outros ministros da Corte acompanharam o voto.

O Ministério Público também concluiu que a existência de notas fiscais tornam improcedente a acusação de caixa 2.

*Informações do repórter Vinicius Moura