Twitter bloqueia contas de Raúl Castro e da mídia estatal de Cuba

  • Por Jovem Pan
  • 13/09/2019 09h25
EFECastro comandou o país por 12 anos

O Twitter bloqueou as contas do líder do Partido Comunista cubano, Raúl Castro, da filha dele, Mariela, e dos principais meios de comunicação estatais da ilha. O Ministério das Comunicações e dezenas de jornalistas também foram banidos da rede social. A medida foi chamada pela população de “Grande Censura”.

Os bloqueios ocorreram no momento em que o presidente, Miguel Díaz-Canel, discursava na TV estatal, alertando para uma crise de energia devido a sanções dos Estados Unidos.

Questionado sobre a medida, um porta-voz do Twitter alegou que as políticas da empresa proíbem usuários de ampliar ou interromper conversas artificialmente , usando várias contas.

Alguns jornalistas independentes da ilha ironizaram as autoridades do governo que reclamaram de censura.

Em Cuba, o jornalismo independente é tolerado, mas não é legalizado. Vários sites de veículos críticos ao Estado são bloqueados no país.

*Com informações da repórter Natacha Mazzaro