Uber altera forma de pagamento a motoristas no Brasil

  • Por Jovem Pan
  • 03/07/2018 06h56
Bárbara Batista/Agência SenadoPara os passageiros, nada muda, só que para quem dirige com o aplicativo a mudança pode ser positiva, em especial nas grandes cidades

O aplicativo de transporte Uber melhorou seu sistema de pagamentos a motoristas no Brasil a um molde que se assemelha ao do taxímetro.

Para os passageiros, nada muda, só que para quem dirige com o aplicativo a mudança pode ser positiva, em especial nas grandes cidades.

Anteriormente, os motoristas que usavam o Uber eram remunerados com um valor preestabelecido no momento que a corrida foi confirmada, mesmo se um congestionamento tenha se formado pela frente ou se a nova rota sugerida pelo Waze era mais longa.

Agora, tanto o tempo quanto a quilometragem de cada viagem serão calculados de forma independente. O multiplicador de preço dinâmico e o preço mínimo da viagem permanecem como mecanismos aplicáveis aos usuários e motoristas.

A medida tem o objetivo de aumentar os ganhos dos mais de 500 mil motoristas que dirigem pelo aplicativo no País.

*Informações do repórter Victor Moraes