Urnas eletrônicas serão enviadas para 171 países para que brasileiros no exterior possam votar

  • Por Jovem Pan
  • 20/09/2018 09h11
Marcelo Camargo/Agência BrasilBoston, nos Estados Unidos, receberá a maior quantidade de urnas, 46, seguido de Miami, que terá 45 urnas

A Justiça Eleitoral lacrou nesta quarta-feira (19) 680 urnas eletrônicas que serão enviadas ao exterior. Todas receberam um lacre eletrônico e um físico, que têm como objetivo impedir a violação do sistema.

Boston, nos Estados Unidos, receberá a maior quantidade de urnas, 46, seguido de Miami, que terá 45 urnas.

Os equipamentos serão enviados para 171 países onde deverão votar mais de 500 mil brasileiros.

Estados Unidos, Japão e Portugal são os países que concentram o maior número de eleitores brasileiros aptos a votar.

Todas as urnas passaram por, pelo menos, três revisões, e a partir desta quinta-feira (20) elas começam a ser disponibilizadas para o Ministério das Relações Exteriores, que ficará responsável pelo transporte até o local de votação.

Serão enviadas também cédulas em papel, caso seja necessária a votação manual. O número de eleitores brasileiros no exterior neste ano subiu 41%, se comparado com a última eleição presidencial, em 2014.

Confira a cobertura completa das Eleições 2018

*Informações da repórter Luciana Verdolin