Uruguai encerra campanha presidencial; candidato do partido de Vázquez e Mujica é favorito

  • Por Jovem Pan
  • 25/10/2019 07h02
EFEDaniel Martínez é o favorito nas pesquisas eleitorais

Os uruguaios vão às urnas neste domingo (27), no que promete ser a eleição mais acirrada dos últimos 15 anos. Pesquisas de intenção de voto apontam que haverá segundo turno na disputa à Presidência do país.

O favorito nas pesquisas é o candidato governista, Daniel Martínez, da Frente Ampla, que tem entre 33 e 41% da preferência do eleitorado. Ele é engenheiro industrial e faz parte do grupo político do atual presidente, Tabaré Vázquez, e do ex-presidente José Mujica.

A coalizão de esquerda está no poder desde 2005. No comício de encerramento da campanha, na última quarta-feira (23), Martínez disse acreditar em um quarto mandato da Frente Ampla. “É com grande alegria que dizemos que o futuro, o sonho, de um novo governo da Frente Ampla é possível”, comemorou.

O principal opositor é o advogado Luis Alberto Lacalle Pou, do Partido Nacional, que é de centro-direita. Ele tem, segundo os últimos levantamentos, entre 22% e 27% das intenções de voto. Ao encerrar a campanha, Pou disse ter um relacionamento muito bom com os outros candidatos da oposição e que espera o apoio deles no segundo turno.

Essa é a segunda vez que Pou, que é filho do ex-presidente Luis Alberto Lacalle Herrera, disputa a presidência do Uruguai. Nas eleições de 2014, ele foi derrotado por Tabaré Vázquez.

Atualmente, o Uruguai enfrenta um momento de estagnação econômica. O desemprego no país é de quase 9%, e a inflação está em 7,76% ao ano.

*Com informações do repórter Afonso Marangoni