Com uso excessivo de eletrônicos, pais devem ficar atentos para problemas de visão dos filhos

  • Por Jovem Pan
  • 09/05/2020 07h03
PixabayA recomendação de Raquel Gomes é que filmes, jogos e até as aulas sejam assistidos pela televisão

Celular, computador e televisão são algumas das principais ferramentas nesta quarentena para entreter e educar crianças e adolescentes. Mas a exposição excessiva a esses aparelhos eletrônicos pode causar doenças oculares, segundo os especialistas.

A publicitária Lilian Mogyca é mãe do Guilherme, de nove anos, e da Clara, que tem quinze. Ela conta que os dois passam a maior parte do dia com os olhos grudados nas telinhas e que fica preocupada com isso.

A oftalmologista Rachel Gomes explica que o maior problema é a curta distância entre a visão e o aparelho. Isso pode fazer com que as crianças e os adolescentes desenvolvam miopia, ou seja, a dificuldade de enxergar de longe.

A recomendação de Raquel Gomes é que filmes, jogos e até as aulas sejam assistidos pela televisão. A oftalmologista diz que os pais devem ficar atentos a alguns sinais que os filhos podem demonstrar de dificuldade em enxergar.

Alguns deles são dor de cabeça, principalmente no final do dia, e também se a criança ou o adolescente ficam muito próximos da televisão, por exemplo.

*Com informações da repórter Nicole Fusco