Vacinação contra pólio e sarampo atinge apenas 16% do público-alvo

  • Por Jovem Pan
  • 15/08/2018 07h19 - Atualizado em 15/08/2018 07h32
Divulgação/Organização Mundial da SaúdeA Campanha Nacional de Vacinação começou no último dia 06 e continua até o dia 31 de agosto

Apenas 16% do público-alvo foi vacinado contra sarampo e pólio até esta terça-feira (14) no país. A Campanha Nacional de Vacinação começou no último dia 06 e continua até o dia 31 de agosto. Também será realizado um Dia D neste sábado, dia 18.

São mais de 36 mil postos de imunização abertos em todas as regiões do Brasil. Neste ano, a campanha atende todas as crianças de um a 5 anos independente da situação vacinal.

O Ministério da Saúde reforça que a vacina é a forma mais eficaz de evitar a volta dessas doenças, que já foram eliminadas no país.

A pólio é causada por um vírus que pode levar a paralisia e a perda de massa muscular. O sarampo tem sintomas semelhantes a gripe, mas inclui o aparecimento de manchas vermelhas na pele. Se não for tratado, o sarampo pode levar à morte.

A imunização contra poliomielite consiste em três doses administradas aos 2, 4 e seis meses de idade. Nesse caso, são feitos dois reforços com vacina oral aos 15 meses e 4 anos.

Já a imunização contra o sarampo é feita por meio da tríplice viral, que também protege contra rubéola e caxumba. A vacinação é feita quando a criança tem 1 ano, e conta com reforço aos 15 meses de idade.

*Informações da repórter Nanny Cox