‘Vamos voltar a ganhar dinheiro’, diz Cuomo em reabertura da Bolsa de NY após dois meses

  • Por Jovem Pan
  • 27/05/2020 06h49
EFECuomo disse que Nova York vai virar a página da covid-19 e focar em uma reabertura inteligente do Estado

O pregão presencial da Bolsa de Valores em Nova York, nos Estados Unidos, reabriu de forma parcial nesta terça-feira (26). O governador do Estado, Andrew Cuomo, foi até la para tocar o sino que marcou o momento.

Cuomo disse que Nova York vai virar a página da covid-19 e focar em uma reabertura inteligente do Estado. Porém, a reabertura do pregão presencial não é uma volta completa à normalidade.

Só alguns negociadores podem voltar, os outros devem continuar trabalhando de casa. Os que voltaram não devem pegar transporte público para chegar à Bolsa e precisam passar por checagem de temperatura todos os dias, além de usar máscara e manter a distancia recomendada de 2 metros entre um e outro.

Todos os 50 estados norte americanos já tem algum tipo de reabertura, mas as regras variam de estado para estado já que dependem dos governadores. Mas em pelo menos 10 deles o número de casos de covid-19 continuam subindo.

A região da capital norte americana, por exemplo, Washington DC, tem registrado mais casos. Ainda não se sabe ao certo se esse aumento é por causa de uma melhora na capacidade de testes ou se já é reflexo das reaberturas.

De qualquer forma, as autoridades em saúde continuam pedindo cautela e lembram que, mesmo nesse momento de retomada das atividades, as pessoas devem continuar usando máscaras e mantendo a distancia recomendada — ou o país pode ter, sim, uma segunda onda de covid-19.

*Com informações da repórter Mariana Janjácomo