Venda de veículos novos cresce 113,6% em junho, dizem concessionárias

  • Por Jovem Pan
  • 03/07/2020 07h49 - Atualizado em 03/07/2020 08h11
GERJEmbora tenha registrado queda, no mês passado, os emplacamentos cresceram 113% sobre maio, de 62 mil para 132 mil

O mercado de veículos novos fechou o primeiro semestre de 2020 com queda de 38%. De janeiro a junho deste ano foram vendidos 808 mil carros comerciais leves, caminhões e ônibus, contra 1.308.000 de janeiro a junho de 2019. Embora tenha registrado queda, no mês passado, os emplacamentos cresceram 113% sobre maio, de 62 mil para 132 mil.

O presidente da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), Alarico Assumpção Junior, explica o aumento reforçando o impacto positivo da reabertura das lojas e o do retorno dos Detrans. “Parte das vendas do que ocorreu em junho, cerca de 25%, foram negócios comercializados em maio que, em função dos Detrans estarem fechados em diversos estados, não houve o licenciamento.”

Alarico Assumpção Junior ressalta que a pandemia fechou lojas e paralisou a indústria. Ao todo, a Fenabrave represente 7.300 concessionárias também de motos e implementos rodoviários. Desde o início de junho as concessionários retomaram as atividades no Brasil adotando medidas de segurança.

*Com informações do repórter Marcelo Mattos