Vendas online crescem no primeiro trimestre deste ano e ligam alerta a lojas físicas

A projeção para 2019 é de que as vendas online cheguem a R$ 75 bilhões

  • Por Jovem Pan
  • 20/05/2019 06h44 - Atualizado em 20/05/2019 10h19
PixabayO Brasil é líder nas vendas online entre os países da América Latina

Nos primeiros três meses do ano, as compras pela internet somaram R$ 17 bilhões, garantindo ao Brasil a liderança nas vendas online entre os países da América Latina e a 10ª posição no mundo. Ou seja, brasileiro gasta e gasta bem na internet. O ticket médio foi de R$ 430 por pessoa.

O bancário Vinicius Alves disse que vai pelo preço e quase sempre compra pela internet: “eu trabalhei em loja e a gente estava sentindo muito o peso das lojas virtuais”.

Já o chefe de cozinha Carlos de Almeida não confia nas lojas online: “prefiro pegar na mão e comprar, sem esperar”.

O crescimento das vendas online ligou o alerta para as lojas físicas, principalmente as marcas mais caras e importadas. Elas tiveram de aderir ao mercado virtual para sobreviver.

Thiago Alonso, CEO da JHSF, que administra o Shopping Cidade Jardim, disse que a empresa criou um aplicativo para facilitar a vida de quem quer vender e de quem quer comprar: “a gente precisava trazer para o grupo uma ferramenta de e-commerce que facilitasse venda mais rápida e possibilitasse a venda física ou online”.

A projeção para 2019 é de que as vendas online cheguem a R$ 75 bilhões no Brasil, 20% a mais que em 2018.

*Informações do repórter Tiago Muniz