Vice na chapa de Macri diz que sua vitória é o ‘melhor para o Brasil’

  • Por Jovem Pan
  • 28/09/2019 08h29 - Atualizado em 28/09/2019 11h44
Flickr/Palácio do PlanaltoBolsonaro teme que a Argentina se transforme em uma nova Venezuela

O senador Miguel Angel Pichetto, candidato à vice na chapa de Maurício Macri à presidência da República na Argentina, foi recebido nesta sexta-feira (27) no Palácio do Planalto pelo presidente Jair Bolsonaro. O presidente brasileiro tem alertado para o risco da vitória da chapa de Alberto Fernández e Cristina Kirchner, que inclusive está na frente nas pesquisas.

Bolsonaro teme que a Argentina se transforme em uma nova Venezuela. Porém, Miguel Pichetto se mostrou confiante de que ainda é possível uma vitória de Macri.

Ele sinaliza que, para o Brasil, Macri seria muito melhor – até por conta da boa relação dos dois presidentes. No caso do acordo de livre comércio do Mercosul com a União Européia, por exemplo, a manutenção de Macri poderá beneficiar o bloco econômico.

Pichetto admite, no entanto, que a vice na chapa de Alberto Fernández, a ex-presidente Cristina Kirchner, quando estava no Governo, trabalhou pela aprovação do acordo. Ele disse também que, independentemente do resultado, acredita que o congresso argentino vai ratificar as negociações.

*Com informações da repórter Luciana Verdolin