Vídeos mostram agressões de marido contra advogada

  • Por Jovem Pan
  • 04/08/2018 09h55
ReproduçãoLuis Felipe Manvailer foi preso suspeito de feminicídio contra a esposa Tatiane Spitzner

Novas imagens de câmeras de segurança mostram a advogada Tatiane Spitzner sendo agredida pelo marido. A advogada de vinte e nove anos morreu após a queda do quarto andar do prédio em que morava, na cidade de Guarapuava.

Luis Felipe Manvailer foi preso suspeito de feminicídio. As câmeras de segurança do prédio onde o casal morava registraram momentos antes da queda. De acordo com a polícia, os dois chegam ao local de carro e ainda dentro do veículo o marido começa a bater nela, que tenta fugir. As agressões continuam pela garagem e no elevador.

Em seguida, Luís Felipe aparece subindo com o corpo de Tatiane até o apartamento e, na sequência, limpando o sangue deixado no chão. Ele foi indiciado pela Polícia Civil em 31 de julho por homicídio qualificado, motivo torpe, uso de meio cruel que impossibilitou a defesa da vítima e condição do sexo feminino – o chamado feminicídio -, além do furto do carro de Tatiane.

As autoridades informaram que o suspeito foi preso no mesmo dia da morte, após sofrer um acidente na BR-277, em São Miguel do Iguaçu, a 340 kms de Guarapuava. Ele seguia com o automóvel no sentido da fronteira com o Paraguai.

*Com informações da repórter Marcella Lourenzetto