Vídeos mostram queda de avião no aeroporto Campo de Marte, na zona norte de São Paulo

  • Por Jovem Pan
  • 31/07/2018 06h52 - Atualizado em 31/07/2018 09h05
Willian Moreira/Estadão ConteúdoO piloto Antonio Traversi morreu no acidente. Outras seis pessoas que estavam na aeronave ficaram feridas e estão internadas em hospitais da capital paulista

O Aeroporto Campo de Marte, na zona norte de São Paulo, foi reaberto no final desta segunda-feira (30), após a queda de um avião de pequeno porte, no domingo (29).

O piloto Antonio Traversi morreu no acidente. Outras seis pessoas que estavam na aeronave ficaram feridas e estão internadas em hospitais da capital paulista.

Vídeos publicados nas redes sociais mostram o momento em que o bimotor King Air C90, tenta pousar. Ao chegar perto da pista, o avião “capota” e colide com o solo, explodindo em seguida. Para o chefe do departamento de engenharia aeronáutica da USP, em São Carlos, o professor Fernando Catalano, há uma série de fatores que podem ter contribuído para o acidente.

O avião decolou de Videira, em Santa Catarina e pertencia a Videplast, uma empresa que fabrica embalagens plásticas, com sede no Estado.

De acordo com a Agência Nacional de Aviação Civil, a aeronave foi fabricada em 2008 e estava em situação regular. Além do piloto, que não resistiu aos ferimentos e morreu no local, estavam a bordo os sócios e fundadores da empresa, Videplast, Nereu Denardi e Geraldo Denardi, além do filho de Nereu, Enzo, de 17 anos. Também estavam na aeronave, Aguinaldo Nunes, Agnaldo Crippa e Bene Souza, todos funcionários da empresa.

De acordo com a Força Aérea Brasileira, as causas do acidente estão sendo investigadas pelo Centro de Investigações e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa).

*Informações da repórter Natacha Mazzaro