Vinte dos 27 Estados tiveram novatos como campeões de voto para deputado federal

  • Por Jovem Pan
  • 10/10/2018 09h07 - Atualizado em 10/10/2018 14h50
Chico Peixoto/Estadão ConteúdoO principal destaque, proporcionalmente aos votos válidos de cada Estado, foi João Campos, do PSB, eleito por Pernambuco

O desejo de renovação do eleitorado se fez visível também na lista dos líderes de votação para deputado federal de cada Estado. Vinte dos 27 campeões de voto pelos Estados mais o Distrito Federal estarão no primeiro mandato a partir do ano que vem.

O principal destaque, proporcionalmente aos votos válidos de cada Estado, foi João Campos, do PSB, eleito por Pernambuco. Filho do falecido ex-governador Eduardo Campos, ele teve 10,6% dos votos do Estado.

Outro novato acima de 10% foi Tiago Dimas, do Solidariedade de Tocantins. Completa o pódio dos novatos com mais votos proporcionais Rose Modesto, do PSDB do Mato Grosso do Sul.

O PSL, do presidenciável Jair Bolsonaro, foi o partido com mais campeões de votos pelo país: cinco. Dois deles também vão estrear no parlamento: Nelson Barbudo, do Mato Grosso, e Hélio Negão, do Rio de Janeiro.

Já o PSB tem quatro nomes na lista. Além de João Campos, serão caras novas Gervásio Maia, da Paraíba, e Camilo Capiberibe do Amapá, filho do senador João Capiberibe.

O PSD tem três novatos na lista, enquanto PR, PRB, PSDB e PT têm dois e Avante, Novo, Podemos, Pros, Psol, PTC e Solidariedade têm um cada.

Porém, o campeão nacional de votos proporcionais foi JHC, do PSB de Alagoas, que vai para o segundo mandato. E o campeão nacional de votos absolutos foi Eduardo Bolsonaro, do PSL, também indo para a segunda legislatura.

Confira a cobertura completa das Eleições 2018

*Informações do repórter Levy Guimarães