Vítimas de desabamento do Edifício Wilton Paes de Almeida terão auxílio por tempo indeterminado

  • Por Jovem Pan
  • 14/06/2018 06h25
Rovena Rosa/Agência BrasilAntes desta decisão, os desabrigados receberiam o auxílio por no máximo de 12 meses

As 146 famílias vítimas do desabamento do Edifício Wilton Paes de Almeida, no centro da capital, vão receber auxílio-moradia por tempo indeterminado.

A decisão foi tomada nesta quarta-feira (13) pelo juiz Djalma Moreira Gomes, da 25ª Vara Cível Federal de São Paulo. O juiz definiu que os atingidos devem ter direito ao benefício até a entrega de habitação definitiva pelo poder público, o que não tem prazo para ocorrer.

Antes desta decisão, os desabrigados receberiam o auxílio por no máximo de 12 meses.

O benefício tem o valor de R$ 1,2 mil na primeira parcela e R$ 400 nos meses seguintes.

A Defensoria Pública do Estado de São Paulo informou que vai recorrer “por entender que o valor fixado não é adequado e insistirá para que o Poder Público seja obrigado a fornecer atendimento definitivo às famílias”.

O juiz Djalma Moreira Gomes negou dois pedidos das defensorias públicas do Estado e da União: a instalação de tendas no local e indenização das famílias por danos morais coletivo e social.

Ocupado irregularmente, o edifício Wilton Paes de Almeida desabou no dia 1º de maio, matando ao menos sete pessoas.

*Informações do repórter Afonso Marangoni