Mirando em eleições presidenciais, Witzel vai anunciar quedas nas estatísticas sobre violência no Rio

  • Por Jovem Pan
  • 22/07/2019 08h31
Reprodução/FacebookÍndices de homicídios dolosos, roubos de cargas, carros e de rua caíram no primeiro semestre

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), vai anunciar nesta semana reduções expressivas em termo percentuais nos índices de violência e criminalidade do Estado.

Os homicídios dolosos, por exemplo, quando há intenção de matar, caíram cerca de 20% no primeiro semestre deste ano frente ao mesmo período do ano passado, atingindo a menor taxa desde o início da série histórica do Instituto de Segurança Pública (ISP), órgão ligado à Secretaria de Segurança Pública do Rio. Apesar disso, os números absolutos mostram que, nos primeiros seis meses do ano foram cerca de 2.100 ocorrências deste tipo, uma média de 350 por mês, algo considerado bastante elevado.

Os roubos de cargas e de carros também caíram na faixa de 20% no primeiro semestre em relação ao mesmo período de 2018, mas os números chamam bastante atenção: ultrapassaram 20 mil casos em ambos. Houve queda, também, nos roubos de rua.

Witzel se elegeu com a promessa de tirar o Rio de Janeiro do fundo do poço tanto na área da segurança como na área econômica. Para ele, que pretende se candidatar à Presidência da República em 2022, a conquista dessas duas metas é um grande objetivo. Nos corredores do Palácio Guanabara, a sede do governo do Estado, ele tem dito que a sua subida na rampa no Palácio do Planalto, em Brasília, é apenas uma questão de tempo.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga