Witzel pede desculpas a Mourão por gravar e divulgar conversa

  • Por Jovem Pan
  • 29/01/2020 06h23 - Atualizado em 29/01/2020 08h18
WILTON JUNIOR/ESTADÃO CONTEÚDOWitzel gravou uma conversa com o vice-presidente Hamilton Mourão

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, pediu desculpas ao presidente Bolsonaro e seu vice, o General Mourão, horas depois de se envolver em uma polêmica. Ele resolveu fazer um pedido público após divulgar um vídeo no qual conversava com o vice-presidente por telefone, no último domingo, para pedir ajuda para o noroeste do Estado, região que sofreu com a chuva nos últimos dias. Witzel não contou a Mourão que a conversa estava sendo gravada.

O vídeo, que não continha nenhum trecho comprometedor, foi publicado na conta de Witzel nas redes sociais. Em Brasília, Mourão disse que o governador faltou com “ética e moral, como ex-fuzileiro naval”. Bolsonaro, com quem Witzel não tem uma boa reação, também não gostou da publicação.

Nesta terça-feira, Witzel disse que a gravação e a divulgação do conteúdo não tinha qualquer conotação política.

“Se o presidente Bolsonaro ou o vice-presidente Mourão ficaram, de alguma forma, entristecidos com o que aconteceu, peço desculpas. O vice-presidente Mourão, o senhor é uma pessoa que eu tenho grande respeito, general, homem de bem. Eu sou uma pessoa de sentimento, estava pedindo água para as pessoas, e o senhor me ajudou.”

O temporal da semana passada castigou pelo menos 13 cidades do norte e do noroeste do Estado, pelo menos duas mortes foram confirmadas. Mais de 15 mil pessoas estão desabrigadas e desalojadas.

* Com informações do repórter Rodrigo Viga.