Anvisa aprova novas regras para suplementos alimentares

  • Por Jovem Pan
  • 17/07/2018 15h43
PixabayA decisão de criar essa regulamentação surgiu porque estes suplementos não tinham uma categoria própria e ficavam entre a de alimentos e medicamentos

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou nesta terça-feira (17) as medidas que fazem parte de um novo marco regulatório para o setor de suplementos alimentares no País.

A decisão de criar essa regulamentação surgiu porque estes suplementos – tipo cápsulas de vitaminas e whey protein – não tinham uma categoria própria e ficavam entre a de alimentos e medicamentos.

De acordo com as mudanças, será definida uma lista de 382 nutrientes e substâncias que podem constar nesses produtos, os componentes terão limites máximos e mínimos indicados para o uso e os rótulos serão modificados para deixar claro para o consumidor que aquele produto é um suplemento.

As mudanças servirão para evitar as chamadas “alegações funcionais”, que ocorrem quando as embalagens dizem que o produto tem ação antioxidante, auxilia na formação de músculos e outras frases do gênero.

Pra isso, será criada outra lista com 189 frases e situações que podem ser usadas.

A expectativa é que as regras comecem a valer de forma imediata para novos produtos. Para os que já estão no mercado, o prazo será de 5 anos para adequação às normas.

*Com informações da repórter Nanny Cox