China anuncia taxas sobre importações de carne de frango do Brasil

  • Por Jovem Pan
  • 08/06/2018 15h23
Jonas Oliveira/ ANPrAutoridades resolveram impor taxas que variam de 18,8% a 38,4% no valor das compras já a partir deste sábado (9)

Depois de investigações antidumping, a China anunciou taxas sobre as importações de carne de frango do Brasil.

Em agosto do ano passado, a indústria chinesa fez uma reclamação ao governo de que o Brasil estaria vendendo o produto abaixo do valor de mercado causando prejuízos ao setor doméstico.

As investigações concluíram que os produtores sofriam com a concorrência desleal e as autoridades resolveram impor taxas que variam de 18,8% a 38,4% no valor das compras já a partir deste sábado (9).

As taxas vão variar de acordo com a empresa mas, segundo a Reuters, os produtos da JBS e Seara Comércio terão uma taxa de 18,8% enquanto a BRF receberá a taxação de 25,3%.

Os embarques da Cooperativa Agroindustrial e de outros produtores não especificados serão taxados em 38,4%, a maior taxa anunciada pelo governo chinês.

Essa medida preocupa o Brasil por diversos fatores.

Em abril, o país também recebeu sanções por parte da União Europeia contra o setor de carne de frango.

Mesmo assim, o Brasil ainda conseguiu segurar o posto de maior exportador de produtos avícolas do mundo.

No entanto, medidas parecidas foram anunciadas em 2010 contra os Estados Unidos.

Na ocasião, o país norte-americano era o maior exportador e acabou perdendo o lugar para o Brasil.

Vale ressaltar que a medida foi anunciada num momento em que os Estados Unidos pressionam a China a reabrir o mercado para produtos avícolas.