Coordenadora do Procon alerta contra fraudes na “Black Friday”

  • Por Jovem Pan
  • 23/11/2017 15h44
EFE/Álvaro SánchezVitrine da Black Friday em Madrid, na Espanha

A coordenadora do Procon-SP Renata Reis falou ao Jornal Jovem Pan sobre dicas para o consumidor evitar fraudes e propagandas enganosas durante a “Black Friday”.

“Entendemos que a empresa tem muito mais ainda capacidade para melhorar a relação com o consumidor”, disse.

Ela lista os principais problemas detectados no dia de descontos de 2015: maquiagem de desconto (28%), produto ou serviço indisponível (26%), mudança de preço ao finalizar a compra (16%) e site instável ou intermitente (5%).

Renata Reis recomenda que o consumidor faça a lista antecipadamente do que deseja comprar na Black Friday e já começar a comparar os preços, inclusive os preços antigos, na internet, evitando, assim, cair na armadilha de “pagar a metade do dobro”.

O Procon de São Paulo disponibiliza em seu site um plantão especial para a data.