Em velocidade “medíocre”, País está saindo da recessão, diz ex-ministro da Fazenda

  • Por Jovem Pan
  • 01/09/2017 15h48 - Atualizado em 01/09/2017 16h19
Sobre o retorno dos investimentos no País, o ex-ministro disse que a confirmação da recuperação do mercado, a redução de incertezas e a próxima eleição presidencial serão os fatores decisivos para a retomada da aplicação de capital externo no Brasil

O ex-ministro da Fazenda do governo de José Sarney, Maílson da Nóbrega afirmou, em entrevista exclusiva à Jovem Pan, que o Brasil está, definitivamente, saindo da recessão. Apesar de uma velocidade “medíocre”, o ex-ministro disse que os sinais são muito claros de que o País engrenou e está passando por uma recuperação. “A que ponto chegamos… tanta comemoração porque o PIB cresceu 0,2% no trimestre”, brincou o economista.

“O positivo é que o PIB foi puxado pelo consumo, parte disso foi ajudado pela liberação do FGTS, mas parte decorre da própria mudança pra melhor. (…) Deixou de corroer mais a renda dos trabalhadores, e ontem os sinais também positivos de que o emprego, definitivamente, começou a se recuperar. (…) Tudo isso cria um ambiente para o consumo com a renda disponível ou o consumo impulsionado pelo crédito”, contou Maílson, confirmando que se trata de uma notícia muito boa.

Sobre o retorno dos investimentos no País, o ex-ministro disse que a confirmação da recuperação do mercado, a redução de incertezas e a próxima eleição presidencial serão os fatores decisivos para a retomada da aplicação de capital externo no Brasil.

“Eu acho que a essa altura, todas as casas, bancos, consultoria, vão rever suas projeções para este ano. A tendência, é difícil dizer, mas eu acho que não será surpresa se chegarmos a um número entre 0,6%, 1%. Acho que 0,5% e 1% é um número absolutamente razoável para este ano, em lugar do 0,3% que a maioria estava pensando”, finalizou.