Ministro Kassab diz que financiamento privado “não deu certo” e apoia fundo público

  • Por Jovem Pan
  • 22/08/2017 14h31 - Atualizado em 22/08/2017 14h31
O ministro das Cidades, Gilberto Kassab, participa do debate da Marcha dos Vereadores 2015 (Valter Campanato/Agência Brasil)Kassab preferiu não falar sobre valores, mas disse entender que o financiamento privado para eleições no Brasil não deu certo

O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab (PSD), afirmou nesta terça-feira (22) que apoia o modelo eleitoral “distrital misto”. De acordo com o ex-prefeito de São Paulo, se trata de um sistema justo e saudável, representa as regiões, as ideias do partido, além de fazer uma miscigenação de interesses políticos que estarão representados no Congresso Nacional.

Sobre o possível fundo público partidário de R$ 3,6 bilhões, Kassab preferiu não falar sobre valores, mas disse entender que o financiamento privado para eleições no Brasil não deu certo.

“Pelo menos, nos últimos anos, haja vista as notícias e os temas que tem sido levados ao conhecimento da opinião pública, os crimes que foram cometidos contra o Estado, portanto eu acredito que o financiamento privado, no momento, não é saudável. Precisamos falar a verdade. Não deu certo e portanto eu me associo àqueles que defendem o financiamento público”, disse.

“Em relação aos valores, o Congresso vai definir. Mas eu defendo o financiamento público”, completou o ministro das Comunicações de Temer.