Presidenciável do PCdoB, Manuela D’Ávila confirma que vai registrar candidatura

  • Por Jovem Pan
  • 17/07/2018 16h03
Marcelo Bertani, Agência ALRS/DivulgaçãoDurante a palestra, a parlamentar afirmou que existem mais similaridades do que diferenças entre ela, Lula, Ciro Gomes e Guilherme Boulos

Manuela D’Ávila diz que será candidata à Presidência da República mesmo com o campo de esquerda fragmentado. A deputada estadual gaúcha pelo PCdoB deu a declaração nesa terça-feira (17) durante seminário na Força Sindical em são Paulo.

Durante a palestra, a parlamentar afirmou que existem mais similaridades do que diferenças entre ela, o ex-presidente Lula, Ciro Gomes e Guilherme Boulos. Mesmo com os quatro nomes do mesmo espectro político, Manuela entende que o campo de esquerda tem bem menos problemas que a direita e que será candidata.

“Nós, do PCdoB, nos esforçamos bastante para que conseguíssemos ter um campo mais unido. Agora, eu creio que o outro lado tem muito mais problemas do que a gente, porque eles não têm sequer uma única candidatura, têm mais de dez, e todas muito fracas. Vou ser candidata. Acho que no dia 02 de agosto já será a nossa convenção e serei candidata”, afirmou.

Aos sindicalistas, a pré-candidata defendeu a revogação da reforma trabalhista e também da emenda constitucional do teto de gastos. Apesar disso, Manuela diz considerar possível a reforma tributária e que quer discutir uma reforma da previdência com foco na formalização do trabalho.

“No meu ponto de vista, eu faria uma auditoria da Previdência, para que a gente saiba qual o real déficit e qual o tamanho da sonegação. É necessário aumentar o número de empregos formais, porque a informalidade é que é nefasta para a Previdência Pública”, garantiu a deputada.

Manuela D’Ávila alcança de 1% a 2% das intenções de voto nas últimas pesquisas divulgadas. A comunista é deputada estadual no RS desde 2015. Antes disso, foi deputada federal por dois mandatos e também vereadores em Porto Alegre.

*Com informações do repórter Tiago Muniz

Confira a cobertura completa das Eleições 2018