Três pessoas e uma criança estão em estado grave após acidente em rodovia, diz capitão dos Bombeiros

  • Por Jovem Pan
  • 15/09/2017 15h27
Segundo Kruger, o micro-ônibus foi deixado no local e deverá ser retirado posteriormente

Um acidente com 33 vítimas envolvendo um micro-ônibus deixou três mortos na serra da Rodovia Oswaldo Cruz (SP-125) em Ubatuba, no litoral norte de São Paulo, na manhã desta sexta-feira (15). O capitão do Corpo de Bombeiros, Newton Kruger, em entrevista exclusiva à Jovem Pan, afirmou que as outras 30 pessoas foram encaminhadas para o pronto-socorro de Ubatuba, sendo 13 crianças, uma em estado grave, 17 adultos e três também em situação mais agravada.

“Eles (vítimas) estão aqui no hospital de Ubatuba, a sua grande maioria, no entanto, dos casos graves, nós já temos a informação de que dois já foram levados para Caraguatatuba e um seria levado para Taubaté, para hospitais em um nível de atendimento para casos mais complexos devido à gravidade do acidente”, contou o capitão.

Segundo Kruger, o micro-ônibus foi deixado no local e deverá ser retirado posteriormente. “O veículo foi deixado em segurança no local. Ficou travado nas árvores, nós escoramos ele, nós deixamos ele ancorado, com auxílios de cabos de aço. Então, ele está amarrado nas árvores, sem risco de descer. Nós atuamos na atividade emergencial. Agora será necessário montar uma operação em um dia e horário específico para que guindaste do DR ou de alguma outra concessionária vá lá e retire o veículo do local”, explicou.

O automóvel com destino ao litoral capotou e caiu de uma ribanceira na altura do Km 82 da rodovia, por volta das 9h. A Oswaldo Cruz apresenta um trecho de serra bastante íngreme e com curvas acentuadas. De acordo com Polícia Rodoviária Estadual, o trecho está interditado para socorro às vítimas, que são encaminhadas ao Pronto Socorro da região.