Justiça do RJ manda soltar PMs flagrados executando criminosos na zona norte

  • Por Jovem Pan
  • 20/04/2017 06h55
Reprodução PMs que executaram supostos traficantes no RJ são denunciados por homicídio doloso - rep

Justiça do Rio de Janeiro manda soltar policiais militares flagrados, em vídeo amador, executando bandidos que já estavam dominados, caídos no chão, no fim do mês passado.

O juiz do 3º Tribunal do Júri do RJ, Alexandre Abraão, tomou uma decisão, no mínimo, polêmica nesta quarta-feira (19). A pedido do MP do Estado, mandou soltar o cabo Fábio de Barros Dias e o sargento Davi Gomes Centeno, mesmo com as cenas que ganharam repercussão nas redes sociais.

Os dois foram flagrados em vídeo matando dois supostos criminosos perto de uma escola em Acari, na zona norte do Rio. O que mais chamou atenção neste crime foi o fato dos dois criminosos estarem caídos no chão, sem chance de defesa.

O juiz acatou o pedido feito pelo MP, que já havia solicitado a libertação dos dois policiais para que eles possam responder em liberdade.

Naquele mesmo dia, a menina Maria Eduarda, de 13 anos, foi baleada e morta dentro da escola onde estudava, no mesmo bairro. Um dos tiros partiu da arma de um dos dois policiais.

*Informações do repórter Rodrigo Viga