Justiça do RJ recupera R$ 150 mi desviados em esquema na área da Saúde

  • Por Jovem Pan
  • 19/04/2017 11h06
Cédulas de dinheiro. Foto: Marcos Santos/USP Imagensdinheiro

A Justiça Federal do Rio de Janeiro conseguiu recuperar R$150 milhões que foram desviados no esquema montado pelo ex-secretário de Saúde do governo Cabral, Sérgio Cortes, preso na semana passada em grande operação da Polícia Federal e da Justiça Federal, no âmbito da Lava Jato, batizada de Fatura Exposta.

Deste montante desviado, R$135 milhões já estão na conta da Justiça Federal do RJ, à disposição do juiz da Sétima Vara, Marcelo Bretas.

A Justiça e o governo do Rio já começaram a conversar sobre a disponibilidade desses recursos para os cofres estaduais. Recentemente, quando recuperaram milhões de outro esquema, foi condicionada a devolução ao pagamento de salários atrasados de servidores públicos do Estado.

Também nesta terça-feira, o publicitário Marcos Valério foi condenado a mais de 18 anos de prisão na Justiça do RJ pelos crimes de corrupção ativa e formação de quadrilha. Ele foi acusado de pagar propina a um procurador da Fazenda Nacional para beneficiar os bancos BMG e Rural.

Marcos Valério já está preso em cadeia de MG, desde 2013, após ser condenado a 37 anos pelo Supremo Tribunal Federal no processo do Mensalão do PT.

*Informações do repórter Rodrigo Viga