Lewandowski irá esperar votação para definir julgamento final do impeachment

  • Por Jovem Pan
  • 08/08/2016 06h59
Dilma Rousseff - Ag. Brasil

Relatório de Antônio Anastasia volta ao plenário do Senado nesta terça-feira (09), e semana será decisiva para o futuro de Dilma Rousseff. A sessão bastante demorada será comandada pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski.

Com a leitura do parecer, votos em separado e discursos de 10 minutos, a votação no placar eletrônico deve ocorrer na manhã de quarta-feira (10).

O ministro Lewandowski afirmou que irá esperar o resultado da votação para definir como será o julgamento final do impeachment: “não tocamos em nada que diga respeito a uma possível futura sessão de julgamento. Porque isso só poderá ser decidido após o dia 09”.

Em caso de aprovação por maioria simples, acusação e defesa terão 48 horas para apresentarem os argumentos do processo.

Falando ao repórter Victor LaRegina, a senadora Ana Amélia (PP-RS) antecipou que os parlamentares não devem perder a chance de se manifestar: “é pouco prováévl, porque agora é hora da verdade. Agora será ampliado o debate em torno do relatório do senador Antonio Anastasia, que foi muito completo”.

Com os documentos da acusação e da defesa, a sessão de julgamento será agendada em dez dias. O episódio final do processo de impeachment de Dilma Rousseff está previsto para o fim de agosto ou início de setembro.