Mãe leva filho que participou de estupro coletivo no RJ à delegacia

  • Por Jovem Pan
  • 10/05/2017 07h31
RJ - ESTUPRO COLETIVO/RIO/SUSPEITO/PRISÃO - GERAL - Um dos suspeitos de participar do estupro coletivo de uma menina de 12 anos na Baixada Fluminense chega à Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (Dcav), na Lapa, centro do Rio de Janeiro, após se entregar, nesta terça-feira, 9. O acusado, que também é menor de idade, está acompanhado da mãe, que se escondeu sob uma toalha para não ser identidicada. A menina foi estuprada há cerca de três semanas por pelo menos cinco pessoas. Quatro foram identificados - três adolescentes e um maior de 18 anos. 09/05/2017 - Foto: FÁBIO MOTTA/ESTADÃO CONTEÚDOMenor acusado de estupro coletivo no rj - ae

Suspeito de participar de estupro coletivo de menina de 12 anos de idade na Baixada Fluminense decide se entregar.

Nesta terça-feira (09), um menor de idade foi levado pela própria mãe ao fórum de Madureira, que fica no subúrbio do Rio de Janeiro, como um dos participantes do estupro coletivo que aconteceu no final de semana passado, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense envolvendo a menina, uma garota de apenas 12 anos de idade.

A mãe do menor de idade temia que algo de ruim pudesse acontecer com o filho, que teria participado deste estupro coletivo junto com outras quatro pessoas.

Como o menor de idade se entregou, a polícia entende que agora é apenas uma questão de tempo de chegar aos outros quatro suspeitos e também ao local onde ocorreu o estupro coletivo em São João de Meriti na Baixada Fluminense.

A família da menina e apropria vítima já vêm prestando depoimentos desde segunda-feira e ela já passou por exames de corpo de delito e de doenças sexualmente transmissíveis.

*Informações do repórter Rodrigo Viga