Marqueteiro diz que Lula queria tirar Graça Foster da direção da Petrobras

  • Por Jovem Pan
  • 13/05/2017 09h20
Graça Foster dá explicações sobre a Petrobras

O ex-marqueteiro do PT João Santana afirmou, em sua delação premiada ao Ministério Público Federal, que o ex-presidente Lula quis retirar Graça Foster da direção da Petrobras.

Segundo o relato de Santana, Lula o usava frequentemente como mensageiro para dizer a Dilma sobre sua insatisfação com a condução que Graça vinha tomando à frente da empreiteira.

Para o ex-presidente, o afastamento de Sergio Gabrielli da Petrobras estava gerando irritação em empresários, e isso poderia atrapalhar a campanha para a reeleição de Dilma.

“Diga à presidente Dilma de que a Graça está atrasando o pagamento e muitas empresas vão para obras importantes que prestam à Petrobras porque não estão recebendo”, contou Santana.

Sobre Dilma, João Santana afirmou que ela tinha conhecimento de pagamentos irregulares nas campanhas.

Para ele, isso ficou claro em conversa que teve com a presidente para tratar de uma dívida de R$ 10 milhões, acumulada da campanha de 2010. “Ela já sabendo da nossa angústia em relação a dívida e, preocupada com o andamento do trabalho e equilíbrio financeiro e bem-estar minha e da minha empresa, disse que não me preocupasse com 2014, porque isso não iria acontecer de novo”.

Ele contou ainda que, com o decorrer da Operação Lava Jato a ex-presidente demonstrou preocupação com a possibilidade de descoberta dos pagamentos irregulares feitos ao casal João Santana e Monica Moura.

Por isso, orientou os dois a ficarem mais tempo fora do País e combinou uma comunicação com a dupla via e-mail.

As mensagens eletrônicas se dariam através de códigos e serviriam para avisar do risco de ser aplicada contra o casal uma medida cautelar.

Conforme João Santana, depois da conversa com Dilma, novos nomes também começaram a surgir como intermediários e como pagadores do casal. Entre eles o de Zwi Skornicki e do empresário Eike Batista.

*Informações da repórter Helen Braun