Meirelles pede que governadores do NO e NE trabalhem e controlem despesas

  • Por Jovem Pan
  • 22/09/2016 06h48
Fotos Henrique Meirelles - ministro da Fazenda - EFE

O ministro da Fazenda pediu para governadores “trabalharem e controlarem despesas”, para a receita crescer nos seu devido tempo.

Henrique Meirelles demonstrou que não está sensibilizado com o pedido de socorro de 20 Estados, de R$ 7 bilhões.

Os governadores das regiões Nordeste, Norte e Centro-Oeste divulgaram uma carta aberta ao presidente Michel Temer.

Nos Estados Unidos, o titular da Fazenda ressaltou que não vai colocar em risco a credibilidade do ajuste fiscal federal. O documento assinado por 20 governadores expõe a “situação de colapso” nos serviços essenciais, além da seca que afeta a produção agropecuária.

Os governadores pressionam o Governo pelo apoio das bancadas estaduais ao ajuste fiscal e a ameaça de um pedido coletivo de estado de calamidade pública.

O governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori, disse que apesar da renegociação da dívida, o Estado terá saldo negativo R$ 8 bilhões.

Além dos 20 Estados do Norte, Nordeste e Centro-Oeste, a crise atinge fortemente o Rio de Janeirio e Rio Grande do Sul. Em razão da brutal queda na arrecadação, a situação não é diferente em grande parte dos municípios brasileiros.

Confira a reportagem completa de Marcelo Mattos: