Metade dos vegetais e frutas produzidos no planeta vai para o lixo, diz ONU

  • Por Jovem Pan
  • 21/07/2016 13h15
FEIRA JP: Abobrinha e pepino japonês são boas opções na semana

Você é daqueles que escolhe o pé de repolho mais bonito da feira? Ou aproveita um que tem pequenos machucados, um pouco mais murcho que exige um consumo rápido?

A maioria escolhe a primeira opção o que gera muito desperdício no mundo. Até metade dos vegetais e frutas produzidos no planeta vão para o lixo, segundo um relatório da ONU. O desperdício de peixes também é grande: 35% de tudo sai das águas vão lixeira. Um dos motivos é justamente esse: escolhemos o repolho mais bonito!

Os feirantes tentam driblar este comportamento vendendo bacias e sacos de frutas e legumes. Às vezes dá certo. Às vezes o negócio é reinventar a forma de venda desse alimento, segundo o feirante Reginaldo Alex. 

A crise, acredite, ajuda a evitar o desperdício. “A gente usa no outro dia para fazer picadinho, colocar na bandeja”, disse.

O feirante Renan Custódio desenvolveu uma técnica que ajuda a provar para o freguês que nem sempre a casca escura é um mal sinal. “A técnica é dar um pedacinho da prova, o freguês adora e leva. Não tem outro jeito, acaba gostando, leva e volta para comprar de novo”, contou.

No Brasil, o desperdício de alimentos pode chegar a 40 mil toneladas por ano. A produção nacional de alimentos é suficiente para os mais de 204 milhões de brasileiros.

Apesar de o país ocupar o quinto lugar no ranking mundial da obesidade, ainda há mais de 7 milhões de pessoas passando fome e 30 milhões de subnutridos pela desigualdade de renda e também pelo desperdício..

Confira abaixo a reportagem de Carolina Ercolin: