Ministro da Indústria nega ter usado aviões da FAB de maneira indevida

  • Por Jovem Pan
  • 08/11/2016 07h48

Pereira comentou as necessidades de mudança em setores estruturais do País e voltou a se posicionar favoravelmente à terceirização e à criação de novas modalidades de trabalho

Marcos Pereira - Ag. Brasil

O ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira, negou que use aviões da Força Aérea Brasileira de maneira imprópria.

Uma matéria do jornal O Estado de S. Paulo revelou que ele aparece como um dos ministros que utilizaram as aeronaves da FAB de forma irregular entre 12 de maio e 31 de outubro.

Nem todas as viagens foram divulgadas nas agendas e alguns deslocamentos tinham como destino as cidades em que residem.

Segundo Marcos Pereira, todas as vezes que foi a São Paulo havia algum evento ou reunião e de acordo com ele há links de reportagens que comprovam sua participação nos eventos.

O ministro falou também que o País precisa diminuir a burocracia e facilitar a vida dos empreendedores. Para isto, Marcos Pereira pediu paciência, mas disse que o primeiro passo já foi dado com a votação da PEC do teto de gastos.

Marcos Pereira participou em São Paulo de um Congresso de Startups e indicou que o setor receberá R$ 50 milhões em investimentos.

*Informações do repórter Daniel Lian