“Eu até prefiro que os famosos me odeiem”, brinca Fabíola Reipert

  • Por Jovem Pan
  • 14/09/2015 12h27
Rafael Souto / Jovem Pan <p>Jornalista esteve nos estúdios da Jovem Pan, nesta segunda-feira (14)</p>

A jornalista Fabíola Reipert é muito conhecida no ‘mundinho pantanoso dos famosos’, como ela costuma dizer em seu blog sobre notícias variadas de entretenimento. Sem papas na língua, ela esteve nos estúdios do programa Morning Show, nesta segunda-feira (14).

“Eu sou fofoqueira mesmo e ainda ganho para isso, tem gente que faz de graça. Eu não ligo para essa fama não”, brincou.

Ela, que começou sua carreira em meados de 98, em uma coluna sobre a televisão, disse que ter se voltado para este nicho foi um caminho natural.

“Olha, vou te falar que eu admirava muito o jeito que o Ricardo Feltrin fazia a coluna ‘Zapping’, do Jornal Agora SP, porque ele é meio rebelde como eu, que não gosta de abaixar a cabeça, de censura”, contou.

Com a caixa de mensagens bombando de informações que diversas pessoas mandam anonimamente para ela, Fabíola diz que checa tudo antes de publicar qualquer coisa e não liga para a ira dos famosos.

“Eu até prefiro que eles me odeiem, assim a gente não fica amigo. Se eu ficar amigo de famoso, como vou dar notícia sobre eles? Eu evito. Com fonte dá para ser amigo, com famoso não. Eu vejo um jornalista achando que ficou próximo a eles e, para mim, é a mesma coisa que eu cobrir política e tirar uma foto com a Dilma. Não faz sentido”, justificou

Sobre as frequentes ameaças de processos, ela também garante não se importar, já que isso seria o ônus da profissão. E, polêmica, dispara: “A Fernanda Lima, por exemplo, está querendo me censurar, ela quer proibir que eu fale o nome dela. Está louca! Ela é uma pessoa famosa e faz coisas públicas, não pode me impedir de falar”.