"Existe relação estreita entre obesidade na infância e na idade adulta", conta pediatra

  • Por Jovem Pan
  • 30/03/2015 10h43
Marcos Santos/ Usp Imagens

A qualidade dos alimentos ingeridos nos primeiros anos já dá indícios que tipo de alimentação uma pessoa terá ao resto da vida. Segundo o pediatra Paulo Roberto Pachi, em entrevista concedida ao Morning Show desta segunda-feira (30), “existe relação estreita entre obesidade na infância e na idade adulta”, já que a preferência por comidas e a memória degustativa são formadas neste período.

O médico também lembrou que o aleitamento materno ajuda a fortalecer os bebês e crianças. “É preciso evitar alimentos com alta densidade calórica, como doce, gordura e corante. Você acaba ensinando as crianças a sempre preferir o gosto por esses alimentos”, falou.

Quem nasce de cesária, em detrimento do parto normal, também tem mais chances de engordar, contou Pachi embasado em pesquisas científicas.