Fábio Faria diz que encontro com Allan dos Santos foi usado para desgastar governo: ‘Notícias mentirosas’

Em entrevista ao Morning Show, o ministro das Comunicações afirmou que o jornalista foi escalado de última hora para série de palestras que ele fazia parte

  • Por Jovem Pan
  • 11/01/2022 13h04
Reprodução/Jovem PanFábio Faria esteve no programa Morning Show desta terça-feira, 11

Nesta terça-feira, 11, o programa Morning Show, da Jovem Pan, recebeu o ministro das Comunicações Fábio Faria. Em entrevista, ele falou sobre a repercussão de seu encontro com Allan dos Santos nos Estados Unidos. “A dimensão do Allan dos Santos é diferente. Eu sei que ia ter uma dimensão muito maior, pois eu não iria estar como Fábio Faria, deputado federal, amigo do pastor, iria estar como ministro do Bolsonaro e iam usar isso para desgastar o governo Bolsonaro, como foi usado. Todo mundo que é contra o presidente está usando esse episódio para atacá-lo. No momento que a gente precisa diminuir inflação, diminuir o preço do combustível e dos alimentos, uma crise nesse momento iria refletir no aumento do dólar e da inflação. Nada mais justo do que ter dito a verdade”, disse ele, que criticou a cobertura do episódio na imprensa. “Foram notícias mentirosas, disseram que fui para um jantar de confraternização. Tentaram arrastar o presidente para dentro desse episódio.”

O evento se tratava de uma série de palestras promovidas pelo Pastor André Valadão em uma igreja em Orlando, nos Estados Unidos. Além dele, outros convidados como Nikolas Ferreira e Otávio Fakhoury eram esperados no evento. No entanto, segundo Fábio Faria, nos últimos minutos, Fakhoury não pôde comparecer, e Allan dos Santos foi escalado para substituí-lo. “Tenho uma relação com o pastor André há muito tempo (…) Pastor André me chamou para uma palestra, para falar sobre as pautas conservadoras, como está o Congresso, o que espera para 2022. Cheguei atrasado e fiquei para fechar o evento. Quando eu cheguei, foi ali que o pastor anunciou que o Fakhoury não ia participar e quem tinha aceitado foi o Allan dos Santos”, afirmou. “Todo pastor tem uma sala. Lá estavam vários convidados, representantes que queriam falar comigo. Fui para lá tirar fotos, cumprimentar. Em algum momento entrou o Allan dos Santos, o pastor pediu para tirarmos uma foto e fomos embora.”

Fábio Faria ainda disse que, caso soubesse da presença de Allan dos Santos no evento, não compareceria por críticas do jornalista a ele nas redes sociais. “Não gosto de brigar com ninguém que de todo jeito apoia o presidente, não tenho nada a favor nem nada contra. Existem diversos tweets e posts criticando o presidente. Em relação a mim, tem milhares. Sempre me coloquei à disposição, até no programa dele, Terça Livre, eu fui. Nunca respondi, nunca me vitimizo, nunca fiz nada”, apontou. “Tenho total dimensão de noção de um problema. Quando disse que não iria se soubesse que era o Allan dos Santos, é porque ele me atacou. Tem muita gente com problema na Justiça, eu já tive dois processos, sofri com eles. Torço para que possam provar sua honestidade.”

Confira na íntegra a entrevista com Fábio Faria: