Para sexóloga, prazer das mulheres ainda é deixado em segundo plano

  • Por Jovem Pan
  • 28/04/2016 11h44
print do vídeo

O sexo ainda é um assunto cheio de tabus no meio da sociedade, e o sexo oral é um deles. Nesta quinta-feira (28), a sexóloga Paula Napolitano afirmou, durante a sua participação no Jovem Pan Morning Show, que as mulheres ainda tem esse prazer negado por muitos homens, além de se incomodarem com essa atividade sexual.

Por mais que o sexo oral seja comum nos relacionamentos, Napolitano aponta que poucos homens de sentem à vontade em realiza-lo em suas parceiras. “O prazer da mulher ainda é deixado em segundo plano com muita frequência. Algumas mulheres ainda se dizem incomodadas com o sexo oral nelas”, revelou.

A sexóloga acredita que homens e mulheres ainda olham para a vagina como um local “que não se deve colocar a boca”, o que não deve ser o caso. A psicóloga ressalta que é sempre necessário manter a parte íntima higienizada antes de iniciar qualquer contato sexual.

“Ainda existe uma coisa meio machista de que a vagina é suja e fedida. Ela não é uma coisa bonita, tem que ter tomado um banho antes. As mulheres trazem um pouco desse preconceito e não se sentem bem”, explicou.

Para quebrar tabus e deixar as incertezas de lado, Napolitano indica que o casal assista filmes pornográficos para aflorar a imaginação e ver que o sexo oral não é um bicho de sete cabeças. “Às vezes podemos ver filmes pornôs como didáticos e pesquisar para saber como é que se faz. Existem jeitos para quebrarem esses tabus”, concluiu.