Moro nega pedido de Lula para ouvir quatro testemunhas no exterior

  • Por Jovem Pan
  • 13/05/2017 10h05

Lula

Lula - Curitiba

O juiz federal Sérgio Moro negou o pedido da defesa do ex-presidente Lula de ouvir quatro testemunhas no exterior. No total, são 86 testemunhas no processo e que ele é acusado de ter recebido vantagens indevidas da Odebrecht em troca de contratos da empresa com a Petrobras.

As testemunhas seriam os embaixadores brasileiros em Paris e Lima, e dois auditores que trabalharam para a Petrobras.

Segundo a defesa, os embaixadores poderiam prestar esclarecimentos para contrapor as afirmações da denúncia e os auditores teriam participado de ampla auditoria na estatal.

No despacho, Moro argumentou que os argumentos não se mostraram imprescindíveis, já que a defesa não esclareceu sequer o que seria relatado. Além disso, segundo ele, a ampla defesa não significa direito irrestrito á produção de provas.

O juiz deu cinco dias para Lula indicar outras quatro testemunhas.

*Informações do repórter Levy Guimarães