Mulher de Cunha diz estar à disposição para prestar esclarecimentos à Lava Jato

  • Por Jovem Pan
  • 25/03/2016 11h28
Brasília, DF, Brasil: O Presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, durante sessão para votação de requerimentos.(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)Eduardo Cunha

A esposa de Eduardo Cunha se ofereceu para dar detalhes relacionados à Operação Lava Jato na Justiça. A defesa de Cláudia Cruz pôs o passaporte dela à disposição das autoridades e declarou a conta atribuída a ela no exterior ao Banco Central.

A medida é tomada para que ela não tenha meios para transferir ou movimentar qualquer recurso fora do País.

O advogado Pierpaolo Bottini diz que Cláudia Cruz sempre esteve à disposição da justiça e ofereceu as garantias porque o processo foi para a primeira instância. “A Cláudia sempre esteve à disposição para prestar todos os esclarecimentos. Na veradde agora mudou a autoridade que investiga estamos reiterando essa disponibilidade”, disse.

O processo referente à Cláudia Cruz e à filha dela com Eduardo Cunha, Danielle, foi remetido ao juiz federal Sérgio Moro, da primeira instância no Paraná.

O caso dos três estava unificado no Supremo Tribunal Federal, mas agora apenas a parte referente ao presidente do Congresso fica no STF por causa do foro privilegiado. A Operação Lava Jato abriu investigações por corrupção passiva e lavagem de dinheiro contra os três.