Namorado de vítima é suspeito de participar de estupro coletivo no RJ

  • Por Jovem Pan
  • 12/05/2017 06h51
Grande parte da violência contra crianças é praticada dentro de casa

Namorado de menina que foi estuprada coletivamente na Baixada Fluminense é suspeito de ter participado do abuso sexual.

A Polícia Civil do Rio de Janeiro informou nesta quinta-feira (11) que um dos cinco suspeitos de terem participado do estupro coletivo de uma menina de 12 anos de idade no final de semana retrasada na Baixada Fluminense é o namorado desta adolescente.

Inclusive, a polícia esteve nesta quinta-feira no local onde aconteceu o abuso sexual, na comunidade da Chatuba em Mesquita, na baixada.

No local, vários objetos foram apreendidos pela polícia nessa inspeção. Entre os objetos apreendidos estavam dois travesseiros, dois telefones, uma câmera fotográfica e uma embalagem de preservativos.

Onde aconteceu o estupro coletivo viviam o namorado da vítima e a mãe dele.

O local estava todo revirado, sem roupas no armário, o que, de acordo com a polícia, mostra que havia indícios de fuga.

Inclusive, a polícia do Rio de Janeiro ainda está tentando identificar quatro dos cinco estupradores. Um menor de idade se entregou esta semana com apoio da própria mãe.

O tráfico de drogas da região teria ficado inconformado com estupro coletivo e com a presença de policiais na comunidade da Chatuba e os estupradores estariam os jurados de morte de acordo com as apurações da polícia Fluminense.

A jovem de 12 anos de idade ingressou em um programa voltado para vítimas de violência no Rio de Janeiro, deve se mudar da Baixada Fluminense para uma outra cidade, mudar de identidade e recomeçar a vida ao lado de familiares longe do local da barbaridade.

*Informações do repórter Rodrigo Viga