Odebrecht fecha acordo de cooperação com MP peruano e pagará R$ 28 mi

  • Por Jovem Pan
  • 06/01/2017 06h37
LIM01. LIMA (PERÚ), 03/01/2017.- Fotografía del edificio de Odebrecht hoy, martes 3 de enero de 2017, en el distrito San Isidro de Lima (Perú). El pasado miércoles el Departamento de Justicia de Estados Unidos publicó un informe en el que señaló que Odebrecht y algunas de sus filiales pagaron aproximadamente 788 millones de dólares en sobornos en 12 países, incluido Brasil, para obtener contratos públicos. EFE/Germán FalcónEFE - Fachada do prédio da Odebrecht em Lima

Odebrecht fecha acordo de cooperação com o Ministério Público do Peru, no âmbito de uma investigação fiscal.

A promotoria especializada em crimes de corrupção levou semanas de conversas e mais de 11 horas negociando com representantes da empreiteira.

O acordo inclui a devolução de mais de R$ 28 milhões aos cofres peruanos, relativos a ganhos ilícitos no país, além da entrega de informações relevantes para as investigações.

Em nota, o Ministério Público do Peru informou que o montante “não deve ser entendido como a quantificação total a ser determinada no acordo final, nem está relacionada com a reparação civil (que seria uma compensação), mas somente com os ganhos provenientes do crime”.

O Ministério Público peruano também informou que o acordo preliminar é exclusivamente referente à empresa, e não se estende aos executivos ligados às fraudes.

O objetivo do acordo preliminar é agilizar a obtenção de informações.

A Odebrecht Peru divulgou nota confirmando a assinatura de um termo de cooperação com o Ministério Público reafirmando o “compromisso de apoiar as investigações em curso”.

*Informações do repórter Felipe Palma