Odebrecht pagou “mesada” para às Farc para executar obras na Colômbia

  • Por Jovem Pan
  • 06/03/2017 08h44
Fachada da Odebrecht - EFE

Odebrecht esparramou tanto dinheiro que até as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia foram beneficiadas.

Reportagem da revista Veja revela que a empreiteira começou a pagar mesada às Farc nos anos 90.

Dois funcionários que atuavam naquele país foram sequestrados pelos guerrilheiros.

A empresa contratou uma equipe americana para negociar o pagamento de resgate e a libertação.

A partir daí, passou a pagar por uma espécie de “seguro” para que seus empregados não fossem molestados e nem suas obras prejudicadas.

Os pagamentos iam de 50 mil a 100 mil dólares mensais e foram feitos até 2016, quando as Farc fizeram acordo com o governo colombiano.