Órgãos de segurança pública investigam denúncias de regalias a Cabral em Bangu

  • Por Jovem Pan
  • 16/02/2017 07h01
Brasília- DF- Brasil- 29/10/2010- O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, fala à imprensa. Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência BrasilSérgio Cabral - Fotos Pùblicas

Diversos órgãos de segurança pública do Rio de Janeiro investigam denúncias de que Sérgio Cabral estaria com regalias dentro da prisão em Bangu.

Os mais abastados, famosos, aqueles de maior notoriedade sempre gozaram de certa vantagem dentro das cadeias. As denúncias apontam que o ex-governador do Estado tem uma cela mais confortável que a dos demais presos, a porta estaria aberta para a livre circulação deste.

Ainda segundo as denúncias, Cabral recebe diariamente comida de fora do presídio e, quando quer, pode ir ao refeitório destinado aos agentes e direção de Bangu 8 para se alimentar de forma mais tranquila.

Além disso, as denúncias apontam que Cabral recebe diariamente jornal em sua cela. O ex-governador também teria roupa de cama e colchão especiais em sua cela.

Cabral é réu em quatro processos – três no RJ e um em Curitiba.

A Secretaria de Administração Penitenciária do Estado negou regalias e vantagens a Cabral e disse que o MP tem ido a Bangu frequentemente e visto que a rotina do ex-governador é igual a dos demais detentos.
Enquanto isso, os fluminenses continuam fazendo chacota da própria desgraça e já tem camelôs vendendo camisas alusivas a quadrilha de Cabral.

*Informações do repórter Rodrigo Viga