Ana Paula defende que ONU coloque mais sanções à Rússia e diz que organização é hipócrita

Embaixador do Brasil na ONU, Ronaldo Costa Filho fez críticas à atuação do Conselho de Segurança no conflito entre Rússia e Ucrânia; programa Os Pingos Nos Is comentou

  • Por Jovem Pan
  • 04/03/2022 20h33
Daniel SLIM / AFP Sede da ONU em Nova York Sede da ONU em Nova York

O embaixador do Brasil na Organização das Nações Unidas (ONU), Ronaldo Costa Filho, fez críticas à atuação do Conselho de Segurança no conflito entre Rússia e Ucrânia. Segundo o diplomata, o grupo tem falhado ao solucionar a guerra. “Não podemos ignorar o papel que o Conselho deve desempenhar, mas que não está desempenhando na situação atual”, declarou. A reunião do Conselho foi convocada nesta sexta-feira, 4, para discutir o incêndio na maior usina nuclear da Europa, que fica na Ucrânia e foi tomada pelos soldados russos.

Ana Paula Henkel, comentarista do programa Os Pingos Nos Is, da Jovem Pan News, defendeu que a ONU coloque mais sanções contra a Rússia. “A questao de o Conselho de Segurança ser presidido pela Rússia não tem nada de novo dentro da hipocrisia da própria ONU. O Conselho de Direitos Humanos tem membros como China, Arábia Saudita, Paquistão, é um teatro, na verdade”, opinou. A ONU precisa, talvez liderada até pelos Estados Unidos, colocar sanções mais sérias. As imagens que chegam da Ucrânia de uma guerra que está perdendo o controle são chocantes, onde alvos civis agora são atingidos”, concluiu.

Assista ao programa Os Pingos Nos Is desta sexta-feira, 4: