Ana Paula diz que nota de Alcolumbre é tapa na cara do povo: ‘Não está interessado que o país ande’

Davi Alcolumbre divulgou carta em que rebate Bolsonaro sobre sabatina de André Mendonça; programa ‘Os Pingos Nos Is’ comentou

  • Por Jovem Pan
  • 13/10/2021 21h00
Roque de Sá/Agência Senado - 05/08/2021Davi Alcolumbre é presidente da CCJ do Senado

A pressão para que Davi Alcolumbre (DEM-AP), presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, marque a data da sabatina de André Mendonça vem crescendo nos últimos dias. Nesta quarta-feira, 13, senadores fizeram um apelo ao presidente da Casa, Rodrigo Pacheco (DEM-MG) para que o dia seja estabelecido. Nesta terça-feira, 12, em entrevista exclusiva ao programa Os Pingos nos Is, da Jovem Pan, o presidente Jair Bolsonaro disse que Alcolumbre faz “uma verdadeira tortura” contra Mendonça. Em resposta ao mandatário, o senador divulgou uma nota nesta tarde, em que disse que não aceitará “ser ameaçado, intimidado, perseguido ou chantageado”.

Para Ana Paula Henkel, comentarista do programa Os Pingos Nos Is, Alcolumbre não coloca Mendonça para ser sabatinado pois o nome dele provavelmente seria aprovado para o STF. “Nós sabemos muito bem que deve ter algum motivo por trás que provavelmente, não posso afirmar, não deve ser nada republicano. Deve ser alguma moeda de troca que ele está esperando e não conseguiu”, disse. “Infelizmente Davi Alcolumbre tem mais 4 anos aí no Senado, mas a gente sabe que ele faz parte da turma de sabotadores da nação. E essa nota não deixa de ser outro tapa na cara do povo brasileiro. A gente sabe muito bem que ele não está interessado que o país ande”, completou. 

Assista ao programa “Os Pingos Nos Is” desta quarta-feira, 13, na íntegra: