Ana Paula: Um país não muda com um bom Executivo e o Legislativo entregue a acordos nada republicanos

Presidente Jair Bolsonaro afirmou que fará uma pequena reforma ministerial na próxima segunda-feira; programa ‘Os Pingos Nos Is’ comentou o assunto

  • Por Jovem Pan
  • 21/07/2021 20h35 - Atualizado em 21/07/2021 21h07
Alan Santos/PRPresidente Jair Bolsonaro afirmou, em entrevista à Jovem Pan Itapetininga, que fará uma 'pequena mudança ministerial'

Na manhã desta quarta-feira, 21, o presidente Jair Bolsonaro afirmou, em entrevista à Jovem Pan Itapetininga, que fará uma “pequena mudança ministerial” na segunda-feira, 26. A dança de cadeiras irá envolver a Casa Civil e a Secretaria-Geral da Presidência da República, além da recriação de uma pasta que, no passado, era o Ministério do Trabalho. Presidente nacional do Progressistas (PP) e um dos principais aliados de Bolsonaro no Congresso, o senador Ciro Nogueira (PP-PI) deve ficar com a Casa Civil, posto que hoje é ocupada por Luiz Eduardo Ramos. A indicação amplia a presença do Centrão no governo Bolsonaro e também representa um “afago” ao Senado. O presidente também enfrenta um embate com o vice-presidente da Câmara, Marcelo Ramos (PL-AM), que recentemente se posicionou a favor do impeachment e disse que a ida de Nogueira para o ministério mostra que Bolsonaro “terceirizou” o governo e “não manda mais em nada”.

Ana Paula Henkel, comentarista do programa “Os Pingos Nos Is”, da Jovem Pan, criticou Marcelo Ramos e disse que a intenção do deputado é sabotar as reformas e o que a população deseja para o país. “Agora nós temos o deputado Marcelo Ramos, cria do presidente da CPI, Omar Aziz, cabo eleitoral e menino de recados de Omar Aziz e Renan Calheiros, querendo pegar o trono de sabotador da República, outrora comandado pelo Rodrigo Maia”, afirmou. “A gente sabe que um ciclo presidencial apenas é um tempo muito curto para fazer essa limpa que a gente precisa fazer no Congresso. Precisaremos de outros ciclos presidenciais”, continuou Ana Paula. “Um país não muda com um bom Executivo e as casas legislativas entregues a acordos muitas vezes nada republicanos”, completou. 

Assista ao programa “Os Pingos Nos Is” desta quarta-feira, 21, na íntegra: