Após cancelamento de reunião, Bolsonaro nega ter feito ataques ao STF e rebate Fux

Durante a live desta quinta-feira, 5, presidente falou sobre o pronunciamento do presidente do STF e voltou a defender o voto impresso

  • Por Jovem Pan
  • 05/08/2021 20h33 - Atualizado em 05/08/2021 21h53
Mateus Bonomi/Agif/Estadão ConteúdoPresidente Jair Bolsonaro rebateu Luiz Fux

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) comentou nesta quinta-feira, 5, a decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, de cancelar a reunião entre chefes de poderes. Durante sua live semanal, o mandatário negou ter feito ataques à Corte e voltou a defender o voto impresso. “Ele [Luiz Fux] havia me convocado para a reunião e sem me consultar resolveu decidir. Vou deixar bem claro ao ministro Fux, na minha palavra aqui não tem nenhum ataque ao STF. Zero. Se o senhor não tiver alguém para te informar do que eu falo aqui, eu lamento”, afirmou Bolsonaro, que também criticou o presidente do STF por ter citado a imprensa brasileira quando anunciou o cancelamento da reunião. Em pronunciamento nesta quinta-feira, Fux disse que o Supremo segue ao lado da população e em defesa do Estado Democrático de Direito. Bolsonaro, porém, rebateu o ministro. “A própria nota do senhor ministro também fala que o STF, de forma coesa, segue ao lado da população brasileira em defesa do dstado democrático de direito. Estado Democrático de Direito é você ter eleições limpas”, declarou. 

Durante a live, Bolsonaro voltou a questionar o STF sobre o voto impresso e criticou o ministro Luís Roberto Barroso. “O ministro do STF falou que as urnas são confiáveis e ponto final, todo mundo tem que acreditar nele. Quem questionar essa ideia age contra a democracia, ofende o STF. Ele busca se socorrer com outros colegas para se defender de uma coisa que é dele. Não tem coragem de assumir sua posição”, afirmou. “Não cabe a ninguém do Supremo tentar influenciar decisões do parlamento. Se eu faço isso cometo crime de responsabilidade. O que está acertado para o ano que vem? Isso nos deixa com dúvidas”, completou. 

Assista a live do presidente no programa “Os Pingos Nos Is” desta quinta-feira, 5: