Cristina Graeml defende quarentena para estrangeiros no Brasil: ‘Retarda a entrada do vírus’

Bolsonaro defendeu medidas racionais para conter a nova variante da Covid-19 e se posicionou contra o lockdown; programa ‘Os Pingos Nos Is’ comentou

  • Por Jovem Pan
  • 26/11/2021 19h40
ROBERTO CASIMIRO/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDOEmpresas cancelam voos em todo o Brasil devido ao afastamento de tripulantes infectados pela Covid-19 ou pela Influenza

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) defendeu nesta sexta-feira, 26, a adoção de medidas “racionais” para conter a disseminação da nova variante da Covid-19, a omicron, identificada na África do Sul. “O Brasil não aguenta mais um lockdown. Conversei com o almirante Barra Torres, com o Ciro da Casa Civil, discutindo Argentina. Quem vem da Argentina de carro para cá, sem problemas. Quem vier de avião tem que ficar quatro dias em quarentena. Vamos tomar medidas racionais”, declarou. A Organização Mundial da Saúde classificou a nova cepa como “de risco”. A variante fez com que muitos países impusessem restrições de voos que partem do sul da África, após casos registrados na África do Sul, assim como em Botsuana, Hong Kong e Bélgica.

Durante sua participação no programa “Os Pingos Nos Is“, da Jovem Pan News, a comentarista Cristina Graeml se posicionou contra o lockdown. “Quem aguentaria mais dois anos de lockdown? Mais um ano e meio de gente sendo presa na rua porque ousou sair de casa pra trabalhar, governantes com ordens tirânicas, STF calado, governo federal sem poder fazer nada”, disse. “É hora de todo mudo encarar isso com serenidade. A gente não vai se livrar tão cedo da pandemia, esse é um vírus que, como outros, vai mudando. A gente tem que aprender a conviver com ele. Eu, pessoalmente, gosto da ideia de fazer algum teste, alguma quarentena com estrangeiros que entrem no país. Não só porque fazem isso com brasileiros que vão pra fora também, mas porque de alguma forma a gente retarda a entrada do vírus”, opinou. 

Assista ao programa “Os Pingos Nos Is” desta sexta-feira, 26, na íntegra: